quarta-feira, 29 de agosto de 2012

COMPRAS E AFINS


Hi, pessoas!

 Como vc estão?

 Eu estou me sentindo muito bem. Dia 1/60 foi muito bom.

Comi bem, fiz exercícios físicos, trabalhei três horas na minha dissertação e ainda fiz minha rotina de cuidados pessoais com os cremes.

Só dois pontos negativos: dei três mordidas num crepe de Nutela (Oi? Quem precisa de crepe de nutela na TPM?????) e tomei pouca água.

Mas é que aqui em Londres eu estou com um problema sério em relação a beber água.

É que eu realmente não gosto de água da torneira... realmente não rola, pra mim. Aqui, eles bebem muito... a água da torneira é potável. Maaaaas, tem MUITO calcário. Dizem que com o tempo, quem não é acostumado desde pequeno, pode até ter pedras nos rins.

 Então, eu compro água mineral. Até aí, nenhum problema. Igual no Brasil, né?

Só que as águas minerais daqui são HORRIVEISSSSSS!  Juro.

Minha amiga falou que eu tô louca, que não tem gosto de nada, mas tem sim. Tem um gosto horroroso. A única que eu gostei é a Evian. Essa me cai bem. Mas essa é MUITO CARA. Então, que eu estou "tentando" tomar uma outra que custa a metade do preço e me custa a metade da vontade. E aí que eu não tomo água.... :-(


Olha a carinha delas aí:

 


 

 

 E já que estamos nesse assunto, vamos falar de compras de supermercado.

Aqui as coisas são estranhas: ou são muito caras ou são muito baratas.

As gordices são absurdamente baratas. Fico aterrorizada de ir ao mercado, juro pra vcs.

Pensa num lugar onde nutella, kitkat, lindt, balas, caramelos,

pizzas, sorvetes e afins são MUITO BARATOS. É aqui.

Fruta é caro. Mas pra comprar gordice é o paraíso.

 Ontem eu fui no Iceland, um mercado bem popular aqui de londres. As coisas são bem baratinhas. Vale a pena ir porque tem bastante coisa que não são gordas. Mas ir até lá é sempre uma tentação. Dá uma olhada no problema:





 

 Batatas fritas gigantes, SEIS cones de sorvete, kitkats enorme... tudo por UM POUND.

Se converter para o real, dá 7 reais. Mas se vc ganhar em libras, equivale a um real, mesmo.

 Gente, é muito barato. E é assustador porque acaba se tornando um assunto de saúde pública ter tantas facilidades para comprar porcaria.

E o mais curioso é que eu não vejo muito pessoas gordas nas ruas. As estatísticas dizem que em Londres é um dos lugares onde as pessoas são mais obesas. Mas, sinceramente, eu só vejo mulheres elegantes. No máximo, cheinhas.  

 Eu não sei qual é o mistério, mas algum deve haver.

Bom, mas eu que quero chegar Miss Brasil em dezembro (kkkkkkkkkkkkkk) comprei só coisas ligths. Olhem o meu carrinho:
 
 

- pepino, maça, filé de frango, batata, salada, salsicha vegetariana, atum na água...

Gente, o papo tá bom, mas deixa eu encerrar esse post por aqui que agora está na hora de começar a escrever a dissertação.

 

bjo e Força na perucaaaa

 ps 1: Lembrem-se sempre: DISCIPLINA É LIBERDADE!
ps 2: não sei porque raios eu não consegui girar as fotos aqui na hora de anexar no blog. No meu pc elas estão salvas na posição correta. "Anarfa digital! "

2 comentários:

Mayara Raphael disse...

Que carrinho bonito, cheio de coisas lights!
Rsrs Isso aí!

Nossa não sabia que aí em Londres o esquema da água era assim... Que horrível!

Boa sorte na RA!

Beijos!

Mark disse...

Tá vendo, eu não to louco.. eu dizia pra todo mundo que a água daí era horrível, e todo mundo dizia que era coisa da minha cabeça hahah .... gostei das compras em seu carrinho, mas quem cozinha isso aí?? :P heheeh continue assim. bjão