quinta-feira, 27 de agosto de 2009

IMPRESSIONANTE! CHOQUEI!

Ator perde 70 kg só com malhação e dieta


Em três meses, Renato Chocair viu o ponteiro da balança disparar 70kg acima. O feito rendeu-lhe um belo sorriso no rosto, já que conquistava aí mais uma vitória na carreira. Com a silhueta recheada com 140kg, o ator abocanhou um papel na peça Casamento à francesa, dos diretores Ulysses Cruz e Ricardo Rizzo, em 2007. "A arte não tem limites para quem segue o seu sonho", disse. O preço do desafio, no entanto, foi bem alto. Chocair conheceu a pressão alta, o colesterol, a falta de circulação e a arritmia cardíaca.


Chegada o fim da temporada de apresentações, o choque: ao se ver no espelho, o ator deparou-se com um homem deprimido e descuidado. A crise de choro veio de mãos dadas com o segundo desafio: emagrecer. Foi preciso apenas outros três meses, para que Chocair entrasse em forma e definsse o corpo. Hoje, já com a saúde recuperada e com a aparência toda recheada de músculos, o ator garante estar pronto para outra. De sua casa em São Paulo, o pisciano de 35 anos falou ao Terra. Confira:


Como foi engordar 70kg para atuar na peça Casamento à francesa, em 2007

Renato Chocair - A peça narra a história de uma jovem casada com um militar aposentado que o atrai com um soldado. De início eu iria interpretar esse jovem militar, mas como gosto de desafios, escrevi ao diretor me propondo a ser o marido. Fiz, então, uma dieta pouco convencional à lá "Super Size Me" durante os três meses de ensaio. O diretor me pediu apenas que não radicalizasse e, ainda assim, consegui atingir meu objetivo.


Como foi lidar com o espelho depois do ganho de peso?

Pensei na vaidade do personagem, que era a de construir uma família. Beleza física acaba de uma hora para a outra, como demonstrei realizando esse papel. Descobri outras belezas quando me vi com 140kg, acabei constatando que a beleza está no invisível.


Você se arrepende de ter engordado os 70kg?

Não me arrependo de nada do que faço. Acredito que estamos no mundo de passagem, e temos de dar uma qualidade a esta trajetória. F


Faria alguma outra loucura pela arte?

Qualquer loucura para não virar um burocrata.


Qual foi sua dieta para ganhar peso? Você teve algum acompanhamento médico?

Minha dieta foi comer no Mc Donald´s três a quatro vezes ao dia, além de me acabar em doces. Durante os três meses, não tive acompanhamento médico algum. Fui direcionado apenas pela minha coragem, determinação e livre arbítrio.


Quais sequelas ficaram do sobrepeso?

Ficaram muitas: pressão alta, colesterol, falta de circulação e arritmia cardíaca. Por diversas vezes, durante a peça, sentia dores de cabeça e tonturas.


Você já passou mal de tanto comer?

Tive refluxo muitas vezes e não me importei. Sou ansioso e compulsivo. Para mim, foi um prato cheio o período. Durante a noite, após comer, se não ficasse durante um tempo em pé, vomitava meu jantar.


Quando você decidiu que precisava emagrecer e voltar ao seu peso ideal?

Quando acabou a temporada eu fiquei desempregado e me olhei no espelho. Levei um susto. Vi que tinha de voltar a ter um corpo neutro, flexível e maleável para poder compor outros personagens. Sem dinheiro, deprimido, com o estômago dilatado, pressão alta e com muita meditação, resolvi que precisava emagrecer.


O que foi mais complicado no período que você emagreceu?

Foi difícil me desprender do chocolate, dos bolos, refrigerantes e massas. De início, minha idéia era vender meu carro e ir para um SPA. Mas, por meio da meditação, visualizei meu processo de emagrecimento em uma academia. Foi aí que conheci o body builder Roger Braga, que propôs me colocar em forma em três meses. Topei na hora.


Qual foi sua rotina alimentar e de exercícios para perder peso?

Treinava quatro vezes por semana, sempre com duas sessões de aeróbio. Me alimentava seis vezes durante o dia. Minha dieta era composta basicamente por atum e batata, com uma fruta pela manhã e suplemento alimentar (proteína).


Você chegou a passar fome?

Nunca. Para emagrecer, é preciso acelerar o metabolismo. Para isso, é necessário que se faça pequenas refeições durante o dia, e não ficar em jejum.


Você está feliz com sua aparência hoje?

Estou sim. Mas, mais do que isso, descobri que temos muito mais força que imaginamos. A meditação é um recurso potencializador dessa qualidade


4 comentários:

patricia disse...

Oi querida me impressionei com essa historia, e concerteza pela arte esses atores fazem de tudo..beijos e se cuide!!!!!!!

Gi. disse...

Nossaaaaaaaaaaaa
E a gente se matando aki por 10 kg
to Choque tb !

Bjo :)

Pri - de Lacinho disse...

Caraca!
Doideira isso, detona o organismo... pelo menos imagino que sim.

Amiga do céu, já deu cabo da Ogra e da Anaconda?? Vixe! hahahaah
Espero que sim!
Vc é mais forte do que elas, tenho certeza!
Viu que eu tava pra baixatex também né, mas agora já melhorei, ânimo renovado, com vontade que as coisas dêem certo. Acho que as vezes passamos por fases ruins mesmo, é normal, só tem que tomar um pouquinho de cuidado pra não desanimar demais e jogar tudo pro alto, porque NAO VALE A PENA!

Fica bem!
Força e vamos em frente!

bjossss

Gabriela disse...

Ficou um filézão , né ?? rsss

Tô tentando incorporar isso : pequenas refeições durante o dia, e não ficar em jejum.

Aiai ...

Beijocas,
Gabi

mulherpneu.blogspot.com